Vous êtes ici:

Terceiro ano 2013 - De Nadia

3e An 2013

No momento de abertura do Terceiro Ano, Martine comparou este tempo como uma viagem, uma experiência e uma aventura.

Realmente, para mim está sendo uma grande viagem. Uma viagem de renovação. Viagem às raízes da congregação, às raízes da minha vocação, ao mais profundo de mim mesma. É uma experiência individual, mas ao mesmo tempo comunitária, pois somos um grupo que participa dessa viagem. E, sinto que, estou também acompanhada pelas irmãs da minha Província, em especial da minha comunidade. Nessa experiência, mergulhando no profundo de mim mesma, vou reconhecendo cada vez mais a presença amorosa de Deus em minha vida, através das pessoas e dos acontecimentos, e me coloco de frente ao caminho que Ele me conduz.

Na primeira semana tivemos dois dias de trabalho com o Pe. Jean Claude Lavigne, dominicano que nos falou sobre os votos como um pacto. Um pacto da ordem do DOM- do dom de si mesmo. Como os votos nos tornam livres para nos relacionarmos com outras pessoas, com as coisas. Vão nos permitir ser profetas, denunciando, anunciando e visitando ( um aspecto novo para todas nós). Os votos : são o espaço onde Deus me oferece a Vida.

Depois tivemos a presença de Clare Teresa, que nos falou sobre Maria Eugênia na idade de 45 a 65 anos ; sua experiência espiritual, todo seu processo de integração de vida. Aqui trabalhamos com as notas íntimas, que foi uma riqueza.

Em seguida, apresentação das Províncias, por continente. Momento em que mergulhamos nas realidades tão ricas e diferentes onde estamos presente.

Sobre a Experiência Espiritual falou-nos um sacerdote jesuíta, Dominique Salin. Lembrou-nos que a experiência espiritual nos humaniza e para nós o Terceiro Ano é um tempo e local privilegiado para vivê-la.

Continuamos trabalhando a Regra de Vida, cada conselheira enfocando um voto e nos ajudando a ver como os votos são uma alternativa para se viver o discipulado hoje.

Dia 30 de abril- Festa da Fundação- com presença de muitas irmãs de Paris, as ANDP, Orantes, Oblatas.

No dia 1º de maio, tivemos uma manhã sobre Liturgia, com Catherine Sesboué, o que nos enriqueceu a todas, principalmente em relação às diferentes maneiras de se celebrar nas diversas culturas.

No dia 2 de maio peregrinação : Os passos de Maria Eugênia em Paris e, no dia 4 e 5 em Preisch-Metz. O relato de Therese Maylis nos proporciona viver intensamente a experiência de Maria Eugênia. Refazer os passos de Maria Eugênia em Metz e em Paris foi uma grande oportunidade de revisitar minha vocação e minha própria história. Perceber o caminho de integração de Maria Eugênia e reconhecer meu próprio caminho de integração.

Dia 6, apresentação do século XIX, na França, por Hélène Bureau, da Província da França. Conhecer a história vivida por Maria Eugênia e perceber como ela soube integrar tudo em sua vida.

Entre uma palestra e outra, temos um tempo para fazer a releitura do que vivemos.

Dentro dessa grande experiência faço outra muito gratificante : viver o INTER em vários aspectos. A internacionalidade, o intercultural, intercongregacional, o intergeracional, interpessoal, todas são relações muito importantes em nossa vida na Assunção e que nos ajudam na integração de nossa vida humano-espiritual. Acolher a riqueza que cada pessoa traz dentro de si, com sua história, sua cultura, sua idade, sua experiência de vida.

Entre nós estão 3 irmãs Agustinas de Notre Dame de Paris e uma Orante da Assunção, que mora em Madagascar. Todas estão muito à vontade conosco, interessam-se por tudo. Aos poucos vamos aprendendo e introduzindo os lindos cantos de Madagascar.

A vivência de tudo isso ajuda-me a viver esta sessão em plenitude e a ir unificando esta experiência.

Estou muito agradecida à Congregação, à minha Província, a cada uma das irmãs que se desdobram para me substituir, por esta oportunidade de viver esta experiência.

Nadia Lucia Souza Cotta, ra
Atlántico Sur – Brasil


Documents

Dans la même rubrique


Ajouter un commentaire



Informations légales

Ce site est édité par "Religieuses de l’Assomption" :

Ecusson
  • Religieuses de l’Assomption - 17, rue de l’Assomption 75016 Paris - France
  • Tél +33 (0) 1 46 47 84 56
  • Fax + 33 (0) 1 46 47 21 13

S'inscrire à l'info-lettre